Notícias gerais › 30/09/2018

A oração do santo rosário é uma prática devocional antiquíssima e deve ser praticada por todo cristão católico

Sua Santidade o Papa Francisco, por ocasião da chegada do mês mariano de outubro, conclamou neste sábado, 29 de setembro, todos os fiéis católicos do mundo a praticar a oração do rosário durantes todos os dias do mês que se inicia, como arma de combate espiritual as armadilhas do demônio que insistentemente tenta arremessar os filhos de Deus no poço da perdição. Segue abaixo, na íntegra, a carta-convite do Sumo Pontífice.

Comunicado de Imprensa da Santa Sé

29.09.2018 [B0707]

O Santo Padre decidiu convidar todos os fiéis, de todo o mundo, a rezar todos os dias o Santo Rosário, durante todo o mês mariano de outubro; e, a unir-se em comunhão e penitência, como povo de Deus, pedindo a Santa Mãe de Deus e ao Arcanjo Miguel para proteger a Igreja contra o diabo, que sempre procura nos separar de Deus e uns dos outros.

Nos últimos dias, antes de sua partida para os países bálticos, o Santo Padre encontrou-se com Rev. Fréderic Fornos S.J., Diretor Internacional da Rede Mundial de Oração pelo Papa; e pediu-lhe para difundir ao redor do mundo este seu apelo a todos os fiéis, convidando-os a concluir a recitação do Santo Rosário com a antiga oração “Sub tuum praesidium, e a oração a São Miguel Arcanjo que nos protege e ajuda na luta contra o mal (cf. Ap 12, 7-12).

A oração – afirmou o Pontífice há poucos dias, em 11 de setembro, durante uma homilia na Santa Marta, citando o primeiro livro de Jó – é a arma contra o Grande acusador que “viaja pelo mundo à procura de quem culpar.” Apenas a oração pode derrotá-lo. Os místicos russos e os grandes santos de todas as tradições, nos momentos de turbulência/confusão espiritual, aconselhavam a proteger-se sob o manto da Santa Mãe de Deus pronunciando a oração “Sub tuum praesidium“.

A Oração Sub Tuum Praesidium diz o seguinte:

Sub tuum praesidium confugimus Sancta Dei Genitrix. Nostras deprecationes ne despicias in necessitatibus, sed a periculis cunctis libera nos semper, Virgo Gloriosa et Benedicta“.

À vossa proteção recorremos, ó Santa Mãe de Deus; não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livra-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita. Amém.

Com este pedido de intercessão, o Santo Padre pede aos fiéis em todo o mundo para rezarem pedindo que a Santa Mãe de Deus coloque a Igreja sob seu manto protetor: para preservá-la dos ataques do maligno, o grande acusador, e torná-lo ao mesmo tempo sempre mais conscientes das suas falhas, dos seus erros, dos abusos cometidos no presente e no passado e comprometida a lutar sem qualquer hesitação para que o mal não prevaleça.

O Santo Padre pediu também que a oração do Santo Rosário durante o mês de outubro fosse concluída com a oração escrita por Leão XIII:

Sancte Michael Archangele, defende nos in proelio; contra nequitiam e insidias diaboli esto praesidium. Imperet illi Deus, supplices deprecamur: tuque, Princeps caelestis militiae, Satanam aliosque spiritus malignos, qui ad perditionem animarum pervagantur in mundo, divina virtute, in infernum detrude. Amen“.

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demônio! Ordene-lhe Deus, instantemente o suplicamos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai ao inferno satanás e todos os espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.

Tradução:

http://press.vatican.va/content/salastampa/it/bollettino/pubblico/2018/09/29/0707/01504.html

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.