Notícias da Diocese › 25/07/2018

Após seis anos, Catedral recebe novos administradores em festa memorável

Foram seis anos de evangelização, trabalho árduo e dedicação, mas, como tudo na vida se converte em ciclos, o Pe. José Nilton Matias deixou o comando da paróquia Catedral de Santo Antônio para assumir uma nova e desafiadora missão a frente da paróquia Imaculada Conceição de Araripina no primeiro dia do mês de setembro, um sábado. Ao todo, o jovem sacerdote esteve por nove anos na cidade de Salgueiro, dos quais os três primeiros foram sucedendo o Pe. Domingos Malam na paróquia Santa Cruz, bairro da Cohab. Reverenciado pelo projeto das Santas Missões Populares, o ainda Chanceler da Cúria deixa um legado de serviço e entrega pastoral motivado pela crença numa igreja “em saída”, expressão usada pelo Papa Francisco no início de seu pontificado ao manifestar seu desejo de uma igreja missionária, mais atenta as necessidades dos pobres de espírito, ou seja, carentes do anúncio do evangelho. A comunidade eclesial da Igreja Catedral, embora saudosa, louva a Deus pelo cumprimento eficaz do chamado sacerdotal na vida deste servo que implementou significativas mudanças no contexto social e pastoral daquela localidade.

Todavia, como a Igreja possui de base uma dinâmica missionária, chegou o tempo da mudança. Com alegria, dispensando o paradoxo, os filhos de Santo Antônio acolheram seus novos administradores numa festa emocionante na noite desta última terça-feira, 24 de julho, memória de São Tiago, o maior. De fato, um presente dobrado já que agora a paróquia contará com dois padres constantemente presentes em sua vida. Vindos de Cabrobó onde estavam há quatro anos a frente da Paróquia Imaculada Conceição, Pe. Rogério Alencar e Pe. Francisco das Chagas foram ovacionados por uma multidão de fieis ávidos em conhecê-los. Primeiramente, desfilaram em carreata pelas avenidas principais de Salgueiro distribuindo sorrisos e acenos. A carreata foi recebida na Catedral pela banda marcial das mulheres comandada pelo Maestro Paixão, sob forte aplauso e olhares curiosos.

A Santa Missa de posse, presidida pelo bispo diocesano Dom Magnus Henrique Lopes, começou as 19:30h e boa parte do clero da Diocese de Salgueiro estava presente, juntamente com os seminaristas do propedêutico. Após a saudação inicial, houve a apresentação de todas as pastorais, movimentos e comunidades da paróquia do padroeiro da diocese aos seus novos pastores, uma a uma, carregando seu estandarte. Na assembleia, os pais do Pe. Rogério e do Pe. Francisco, visitantes de outras localidades e, destacando-se pela sua presença alegre e massiva, os fieis da paróquia de Cabrobó que vieram se despedir dos seus líderes espirituais e desejar-lhes sucesso na nova empreitada.

No mais a celebração transcorreu como de praxe nesses casos com a leitura da provisão canônica de posse dos novos pároco e vigário pelo Pe. José Gilson, Vigário-Geral da diocese, renovação das promessas sacerdotais com a entrega da estola, sinal do poder sacerdotal e recebimento das chaves da igreja e do Sacrário onde fica guardado o Sacratíssimo Corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo. Também o vice-prefeito de Salgueiro, Dr. Chico, entregou-lhes simbolicamente as chaves da cidade, uma honra que estabelece o vínculo entre salgueiro e os visitantes que de alguma forma contribuíram ou venham a contribuir com seu enobrecimento. Ao final, padre Rogério, que é natural de Araripina, agradeceu o carinho dos fieis e esclareceu que pretende trabalhar junto com a comunidade para a maior glória de Deus e da Igreja, sob o amparo de Santo Antônio.

Por: PASCOM – Diocese de Salgueiro

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.