Notícias da Diocese › 12/11/2018

Assembleia teve como foco as pastorais sociais e o cuidado com a eucaristia

No oitavo ano de sua fundação, a Diocese de Salgueiro reuniu mais uma vez, entre os dias 09 e 11 de novembro, todo o seu clero e os líderes de pastorais de movimentos em assembleia, com a finalidade de analisar as conquistas e desafios do ano de 2018 e planejar as ações evangelizadoras do ano de 2019. A Assembleia Diocesana de Pastoral ocorre todos os anos em alguma cidade da diocese sorteada como sede. Este ano a escolhida foi Terra Nova, porém, por razões pastorais, Cabrobó abraçou as mais de 145 pessoas incluindo clérigos e leigos na paróquia Nossa Senhora da Conceição, administrada pelo Pe. Alexandre que tomou posse este ano, sucedendo os padres Rogério e Francisco cuja missão agora desempenham na igreja Catedral de Santo Antônio em Salgueiro. O espaço organizado para receber tamanho contingente foi a quadra da escola Gregório de Souza Menezes.

Com o tema “Levanta-te e come” (1Rs 19, 7) o evento abordou questões sociais relevantes a nossa realidade  pobre e sertaneja como a seca, o descaso com os menos favorecidos, a falta de apoio aos dependentes químicos e, sobretudo, a inércia do poder público frente o clamor popular, clamor do povo escolhido de Deus por uma posição firme e decisiva. Para auxiliar na construção dessa reflexão, assessorou a assembleia o novo bispo auxiliar da arquidiocese de Olinda e Recife Dom Limacedo, cuja missão se pauta, também, na luta pelas comunidades eclesiais de base, CEBs, e pelos menos favorecidos.

Na abertura do encontro, que se deu após breve momento orante na igreja da Sagrada Família, centro de Cabrobó, Dom Magnus Henrique, bispo de Salgueiro, enfatizou a importância da cooperação mutua na busca pela verdade e justiça, acolheu os presentes e abriu oficialmente os trabalhos. Foram apresentadas as comissões vindas de todas as paróquias e áreas pastorais das três foranias acompanhadas por seus respectivos párocos, bem assim o que cada localidade logrou em êxito dentro dos objetivos traçados para 2018 e quais pontos ainda deixaram a desejar. Vale ressaltar que em 2017 o dízimo foi definido como prioridade de vivência e incentivo no ano em curso. De fato, o aumento no número de dizimistas e o alargamento da conscientização sobre a devolução daquilo que recebemos do Senhor é notável em todas as paróquias da diocese, sinal do progresso advindo do esforço empregado este ano.

Mas, a questão social não foi a única prioridade para o próximo ano. O clamor do povo de Deus por uma espiritualidade eucarística bem vivida foi ouvido e esta se tornou igualmente uma bandeira a ser muito bem chacoalhada não somente em 2019, mas nos próximos anos. Um dos pontos definidos no segundo dia de reunião foi a elaboração de formações sobre a eucaristia, aprofundamento espiritual na presença real de Jesus na hóstia santa e a realização de sínodos eucarísticos forâneos em preparação para o jubileu de dez anos de instalação desta porção reunida em comunhão episcopal do povo de Deus no sertão pernambucano, tudo muito bem conduzido pelo Padre Malan, atual referencial diocesano de pastoral. O segundo dia de trabalho foi encerrado em dois momentos; primeiro a Santa Missa as 17h e, após o jantar, adoração ao Santíssimo Sacramento.

O dia seguinte começou também com a missa e daí partindo para a aprovação do calendário diocesano de pastoral 2019, que transcorreu de forma rápida e tranquila, recebendo poucas sugestões de alteração, evidenciando assim, a perfeita comunhão estabelecida durante todo o evento. Em suas palavras de despedida, Dom Limacedo exortou os presentes a serem como a viúva do evangelho do XXXII domingo do tempo comum que doou tudo que tinha ao templo, a se doarem plenamente ao serviço do Reino de Deus sem esperar recompensa, mas por amor. Dom Magnus também encerrou os trabalhos lembrando que deve ser expressiva, sincera e fundamentada na realidade daqueles que nos cercam. O almoço foi servido pouco antes do meio dia e a assembleia concluída.

Por: PASCOM – Diocese de Salgueiro

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.