Notícias da Diocese › 30/08/2018

Formação busca preparar o clero para melhor compreender os fenômenos espirituais na vida das pessoas

Em busca de oferecer ao seu rebanho um acompanhamento espiritual ainda mais eficaz e condizente com as peculiaridades individuais de cada cristão, a Diocese de Salgueiro promoveu, da manhã de segunda-feira, 27 de agosto, ao meio dia desta quinta-feira, 30, um retiro especial para todo o clero. O momento de formação e reabastecimento espiritual para os padres foi realizado no Centro Pastoral Monte Carmelo, Diocese de Petrolina, a qual Dom Magnus Henrique se refere carinhosamente, e com gratidão, como “mãe” desta porção eclesiástica no sertão pernambucano. O tema da formação deste ano chama atenção pela delicadeza das questões que abarca, afinal, conhecer mais a fundo as causas que permeiam fatos atípicos no comportamento dos fieis, possibilitando um “diagnóstico espiritual” realista, cuidadoso e respeitoso, é um trabalho que ainda carece de uma técnica mais apurada.

Convidado para ministrar o encontro, o Pe. Juarez Farias discorreu sobre a parapsicologia. Discípulo do mundialmente famoso Padre Quevedo, Pe. Juarez é o mais jovem parapsicólogo brasileiro. Ao longo de sua vida, percorreu mais de 900 cidades no território nacional desenvolvendo pesquisas nesta área da psicologia que estuda fenômenos ditos paranormais como telepatia, premonição, psicocinese, experiências de quase morte, mediunidade, comportamentos aparentemente provocados por possessão demoníaca, bem assim as razões estruturais do surgimento de patologias emocionais. Pe. Juarez propõe a importância da existência de um sacerdote em cada diocese que se dedique ao estudo dessa ciência, afim de proporcionar um acompanhamento mais cuidadoso daqueles que constantemente buscam na igreja um apoio emocional para problemas psíquicos como depressão, ansiedade, síndrome do pânico e desvios comportamentais.

Contribuíram para o êxito desta formação, o bispo de Salgueiro Dom Magnus, o bispo de Petrolina Dom Francisco Canindé Palhano e o inesquecível bispo emérito da mesma, Dom Paulo Cardoso, grande responsável pela edificação de Salgueiro como diocese em 2010. Estudar os fenômenos psíquicos é de relevante importância, pois ajuda o sacerdote a discernir sobre o que obra de nossa mente ou obra do mundo espiritual, diminuindo as chances de erros de julgamento, aproximando-os do coração das ovelhas, permitindo um tratamento mais dócil, humano e caritativo.

Por: PASCOM – Diocese de Salgueiro

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.