Notícias da Diocese › 02/06/2015

Igreja Matriz da Paróquia Nossa Senhora da Conceição é reinaugurada após reforma

Aconteceu no último domingo, 31, a Benção e reinauguração da Igreja Matriz da Paróquia Nossa Senhora da Conceição em Araripina (PE), a missa solene e a Coroação da Virgem Maria Mãe de Deus, encerando  o mês mariano. A missa de Inauguração aconteceu às 19h00 e foi presidida por o bispo diocesano, Dom Magnus Henrique, e concelebrada por o padre Malan Viana Torres, administrador, padre Cicero Claudvan, Paróquia Nossa Senhora das Dores, e padre Vicente de Paulo Cruz, Paróquia Bom Jesus. Milhares de fiéis se reuniram para este momento celebrativo tão aguardado. Após a missa, foi realizada, por as crianças, a coroação de Nossa Senhora e a consagração a Virgem Mãe de Deus.  

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição

Araripina nasceu sob o signo da cruz e quando ainda Fazenda São Gonçalo recebeu as bênçãos do padre Ibiapina que ao construir uma capelinha no ano de 1871, profetizou, que segundo a tradição, para ali viria um padre alemão e ergueria uma catedral e que da serra ia sair ouro para o resto do mundo. Em 1923 chegou a São Gonçalo o Padre Luiz Gonzaga Kehrle, alemão, que edificou a majestosa Igreja-matriz. Dois anos após a chegada do padre Luiz Gonzaga, em São Gonçalo, foi lançada a pedra fundamental para construção da nova matriz. A obra estava em fase de conclusão , quando no ano de 1937, ocorre o desabamento da torre. Mas com a determinação da população e do padre Luiz Gonzaga, a Igreja foi inaugurada no dia 31 de maio de 1942.

Em uma visão geral  é imponente e majestosa. Arquitetura sóbria, de linhas basicamente góticas, sem quebra de harmonia, ornada com vitrais de rara beleza, doação de ilustres personalidades de todo o Brasil, cujos nomes neles estão gravados.

A Igreja, construída no período de 1930 a 1942, apresentou em sua estrutura física os desgastes da ação inexorável do tempo, comprometendo a segurança dos frequentadores. Sob a administração de Padre Malan Viana Torres, a Igreja, no ano de 2014, foi interditada para reparos em sua estrutura, que estava comprometida. Pouco menos de um ano, com a ajuda de toda a população araripinense, a Igreja Matriz é novamente reaberta para a população Católica.

Durante este tempo que a Igreja permaneceu em restauração as celebrações foram realizadas no Centro Pastoral. Agora, reinaugurada, a Igreja, volta a funcionar normalmente.

Fonte: blog culturaararipinense

Fotos: Lunna Amorim

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.