Notícias da Diocese › 03/06/2016

Primeira noite da trezena contou com carreata de proporções jamais vistas

Mal o relógio batia as sete horas da noite, a praça da Catedral de Salgueiro já estava lotada de fieis que vieram prestar vassalagem ao excelso padroeiro da diocese, Santo Antônio, nesta quarta-feira, 01 de maio, primeira noite da trezena. A surpresa, porém, ficou a cargo da tradicional carreata. Segundo antigo costume, todos os anos a abertura da festa do padroeiro se dá com um grande desfile de veículos automotores pelas ruas da cidade carregando o andor com a imagem do santo casamenteiro. Este ano, as expectativas foram superadas e uma enorme quantidade de carros e motos enfeitou de fé e devoção as avenidas da Sé Episcopal. Enquanto as buzinas apitavam, sob os aplausos e vivas do povo de Deus, os veículos atravessavam a frente da Igreja Catedral enquanto eram benzidos com água benta pelo Pe. José Nilton e pelo Bispo Dom Magnus Henrique. O andor que abrigou a imagem de Santo Antônio, estava ricamente ornamentado com flores e ramos.

A celebração da Santa Missa de abertura se deu por volta das 20h e foi presidida pelo Pe. Expedito, de Dormentes, Diocese de Petrolina e concelebrada pelos padres José Lourival Taveira (Paróquia Nsa. Sra. Do Perpétuo Socorro – Salgueiro), José Nilton e Romilson Ferreira de Lima (Catedral). O Bispo diocesano participou da eucaristia de lugar digno para ele preparado no presbitério da praça. A animação da celebração ficou por conta do Ministério de Música Nossa Senhora Aparecida – NSA, do bairro do Planalto, Área Pastoral São Francisco de Assis em Salgueiro. Ao final da Missa, padre Expedito levantou os presentes com seu show de repertório variado, acompanhado também pelo NSA. A quermesse, como de costume, ofereceu pratos e sabores típicos aos cidadãos e visitantes que vieram prestigiar o evento que está em sua 173ª edição. Esta noite de abertura foi apadrinhada pelos Comerciantes, Bancários, OAB, CDL, Autônomos e Profissionais Liberais.

Por: PASCOM – Diocese de Salgueiro

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.